Voltar para página anterior
MEMORANDO.jpg

Lançamento do livro: "Memorando", de Geraldo Mayrink e Fernando Moreira Salles

Leitura de trechos com a atriz Irene Ravache

Bate-papo e sessão de autógrafos
Thursday , 13 de June
19:00h
Gratuito
Livre
Sala Eva Herz e Arena., Livraria Cultura - Shopping Iguatemi São Paulo, São Paulo

Lançamento do livro: "Memorando", de Geraldo Mayrink e Fernando Moreira Salles

Leitura de trechos com a atriz Irene Ravache

Bate-papo e sessão de autógrafos
Thursday , 13 de June
19:00h -
Gratuito
Sala Eva Herz e Arena.,
Livraria Cultura - Shopping Iguatemi São Paulo, São Paulo
Livre
Descrição

Um livro de memórias que recupera a história de uma geração nos espaços carioca e paulista dos anos 50 a 80. A "história miúda" mas não menor do dia-a-dia, uma canção deixada nos bancos da escola, um gesto, um sentimento que vivemos com pessoas que não revimos mais.

Memorando não busca apenas colecionar memórias pessoais. Tenta recuperar migalhas do cotidiano, aqueles sentimentos que pessoas de uma geração compartilharam e por vezes perderam ao longo do caminho.

São fatos que os livros de história e as biografias podem desprezar, mas que rebrotam de quando em vez: uma canção que deixamos nos bancos da escola, um gesto, ou aquele sentimento que vivemos com pessoas que não revimos mais. A "história miúda" mas não menor de nosso dia-a-dia, que de certa forma fez de nós um pouco do que somos.

Esta peça tenta despertar essas lembranças, resgatá-las à sua insignificância e devolvê-las, por instantes, ao nosso afeto e memória.

Informação importante

Sujeito a lotação.

Informação importante

Sujeito a lotação.

Descrição

Um livro de memórias que recupera a história de uma geração nos espaços carioca e paulista dos anos 50 a 80. A "história miúda" mas não menor do dia-a-dia, uma canção deixada nos bancos da escola, um gesto, um sentimento que vivemos com pessoas que não revimos mais.

Memorando não busca apenas colecionar memórias pessoais. Tenta recuperar migalhas do cotidiano, aqueles sentimentos que pessoas de uma geração compartilharam e por vezes perderam ao longo do caminho.

São fatos que os livros de história e as biografias podem desprezar, mas que rebrotam de quando em vez: uma canção que deixamos nos bancos da escola, um gesto, ou aquele sentimento que vivemos com pessoas que não revimos mais. A "história miúda" mas não menor de nosso dia-a-dia, que de certa forma fez de nós um pouco do que somos.

Esta peça tenta despertar essas lembranças, resgatá-las à sua insignificância e devolvê-las, por instantes, ao nosso afeto e memória.